Palavra, Confiança e Frutos. A Tríade Ministerial.


Redescobrir o Tabernáculo no deserto diante de tantas modernidades da igreja atual, têm sido pra mim um grande triunfo em meio a muita especulação e unções “novas”. Existem tantos detalhes extremamente importantes no Tabernáculo do Senhor, mas procurar descrever um a um é um trabalho árduo e que demanda muito tempo. Entretanto gostaria de deixar três princípios importantes para você, querido irmão ou irmã, que acompanham este blog.

Todos sabemos que o utensílio mais importante do Tabernáculo era a chamada Arca da aliança. Uma caixa de madeira revestida de ouro, com uma tampa (propiciatório), e com dois querubins que cobriam esta tampa. Ali Deus se “encontrava” com o seu povo. Sabemos também que esta arca é uma representação (tipo) de Jesus Cristo, mas o que gostaria de salientar aqui, é o que havia dentro da arca. Três elementos interessantes: As placas da Lei, uma tigela com o Maná do deserto e também uma vara que pertenceu a Arão e que florescerá.

Estes três elementos representam, três grandes trunfos cristãos que adquirimos no ato vicário do Senhor Jesus Cristo.

A lei: Sua Palavra para nos guiar e guardar.

O Maná: sua suficiência e provisão.

A Vara de Arão: Os frutos ministeriais.

O interior da arca nos mostra aquilo que mais necessitamos para manter e encontrar respaldo no desenvolvimento de nosso ministério. Palavra, Confiança em Deus e Frutos. Esta é a graça que precisamos, e aquele que assim anda, prova que a glória do Senhor está nele, e que o Senhor da Glória faz morada nele.

A Deus toda a Glória

Nenhum comentário: