Jesus foi expulso da sua igreja!

Ontem, estava conversando com um irmão que defendia fielmente a sua denominação propondo que a mesma não negava os princípios essenciais do Evangelho. Não consegui de forma alguma assentir com suas afirmações, e lhe indaguei as seguintes perguntas:

  • O que aconteceria se dissesse ao presidente de sua denominação: “Afasta-te de mim Satanás, pois tu não cogitas as coisas de Deus”? – Certamente você seria expulso de nossa denominação – respondeu ele.
  • O que aconteceria se entrasse no seu templo, na hora do dízimo e das ofertas e começasse a chutar as cadeiras e as peças e quinquilharias do “bazar gospel”? – Certamente expulsaríamos demônios em você – respondeu ele.
  • O que aconteceria se sua denominação me encontrasse numa mesa de bar conversando com jogadores, bêbados e prostitutas a noite? - Certamente lhe daríamos uma repreensão na frente de todos! – Mais uma vez me disse ele.
  • O que aconteceria se chamasse o colegiado de pastores da sua denominação de raça de víboras e filhos do Diabo? – Meu Deus! Você seria expurgado de nossa denominação – Disse ele.
  • O que aconteceria se eu comentasse sobre a inutilidade do templo e das liturgias intermináveis de sua denominação? – Com certeza você seria convidado a sair de nossa igreja! – Esbravejou ele.

Pois é, por estas e por outras que Jesus foi expulso de sua igreja, pois na verdade ele fez todas estas coisas, aos religiosos e “denominações” de sua época.

Nenhum comentário: