A verdadeira igreja apostólica não faz “apostolices”.

Hoje se fala muito sobre a restauração do movimento apostólico. Mas acredito que são poucos os apóstolos e cristãos que realmente entendem o que isso significa. Muitas redes surgem todos os anos com uma visão, com uma proposta muito mais pessoal do que bíblica, e a maioria destas redes ministeriais incorre nos mesmos modelos denominacionais e imperialistas, sem ao menos resgatarem a essência deste movimento que não pertence a nenhum ministério “especial”, mas sim a Igreja de Cristo na terra.

O movimento apostólico não é um movimento neo-pentecostal, nem uma moda pseudo-carismática como muitos teólogos gostam de afirmar. Sei que existem muitas barreiras em relação a este movimento. Mas a reforma protestante nasceu da quebra de estruturas mentais e religiosas. Mesmo assim o homem busca nominalizar e concentrar em si mesmo a glória.

Pedro jamais foi católico, Lutero nunca foi luterano, Calvino detestaria ser calvinista e a religião cristã não é batista, assembleiana, metodista, congregacional, pentecostal ou judaizante. O cristianismo sempre foi apostólico, e a ordem de Jesus aos discípulos foi: “IDE”. O comissionamento é a marca do verdadeiro cristianismo. Proponho algumas reflexões, do “porquê” creio ser o movimento apostólico, o movimento espiritual que antecede a volta de Cristo.

Por que creio no movimento apostólico?

1- O movimento apostólico é o retorno ao governo espiritual exercido sob a direção de homens e mulheres comissionados por Deus para exercerem uma visão missionária de alcance local e mundial sob a direção do Espírito Santo de Deus.


2- O movimento apostólico é o resgate da pureza nas Escrituras sem as tranças teológicas e existencialistas das lentes filosóficas. Homens inspirados comunicaram o Evangelho de Cristo, e homens inspirados hoje, devem guardar a ortodoxia destas mesmas palavras, como o apóstolo Lutero disse: “Sola Scriptura”.


3- O movimento apostólico é a quebra de todo paradigma e bula ministerial, promovendo a desconstrução dos impérios eclesiásticos pela proposta do Reino de Deus, fazendo das relações entre os homens a agência e força motriz da proclamação do evangelho.


4- O movimento apostólico é a confirmação da atuação do Espírito Santo entre os homens, pois, sinais, milagres e maravilhas são também evidências de que o Poder do Evangelho não atua somente em palavras, mas em ações e expressões carismáticas.


5- O movimento apostólico entende e compartilha da realidade da batalha espiritual contra principados e potestades, sem negligenciar a atuação social e a postura civil da igreja como uma organização administradora de dons e recursos entre os mais necessitados.


6- O movimento apostólico não é o privilégio de “ungidos especiais”, mas de homens experimentados na vida e no ministério que não possuam outra motivação que não seja servir e trabalhar pelo crescimento do Reino de Deus “entre” as pessoas e “nas” pessoas.


7- O movimento apostólico é permanecer no fundamento dos Apóstolos, buscando a fiel doutrina, a comunhão, o partir do pão e a oração como colunas para uma espiritualidade sadia.


Aos fundamentalistas de plantão: Sabemos que não existem mais Apóstolos como os 12 Apóstolos fundacionais e Paulo, em que a revelação das Escrituras aconteceu por inspiração do Espírito e suas palavras foram acrescentadas à nós como palavras de nosso Senhor através do Novo Testamento. Mas negar o exercício e a continuidade deste movimento no meio da igreja é negar a historicidade do cristianismo e do Evangelho entre nós. Afinal, os erros humanos não derrubam as verdades de Deus.


Hb 3:1 “Portanto, santos irmãos, participantes do chamado celestial, fixem os seus pensamentos em Jesus, apóstolo e sumo sacerdote que confessamos”.


À Ele toda a Glória

Pr. Bruno dos Santos

Viciado em pornografia...Deus pode te curar!

Pastor Bruno, graça e paz meu irmão!

Estou vendo pornografia quase todos os dias pela internet, e mantenho um ministério ativo de louvor em minha igreja. Sinto acusações em meu coração quanto a essa prática e já pensei que não sou salvo por isso. Será que preciso de tratamento, pois não consigo me libertar. Posso estar viciado nisso? Pornografia vicia? Me ajude com uma palavra!

Deixe eu lhe explicar uma coisa, pornografia só não vicia, como também oprime, rouba seu tempo, seu vigor, suas vontades, seus interesses, e principalmente, seu louvor à Deus.
Creio que a pornografia é a maior droga de nossa geração de jovens. Principalmente pela internet e pelos vídeos de DVD. Mas o fato é que a pornografia está associada a uma série de valores e conceitos errados e contrários as Escrituras.

1- As pessoas que mantém relações sexuais são atores e pagos para exercer o papel que estão exercendo, ali, na hora do filme. Na verdade existe uma venda da ilusão do prazer e do orgasmo sexual.
2- Existe um princípio demoníaco em tudo isso. A não-necessidade de relações emocionais e espirituais em uma relação sexual. Sabemos que Deus reservou o relacionamento sexual para o ambiente do matrimônio. Nosso corpo é templo, e isso acontece mediante nossas ações para com ele.
3- A pornografia é tão viciante quanto qualquer droga. Pois quanto mais você faz uso dela, menos você está satisfeito, e deseja sempre mais um momento ao lado dela.
4- Pornografia fixa os nossos olhos nos desejos e na líbido de nossos anseios existenciais. Ela se transforma em uma fuga da alma e da realidade da vida.
5- Pornografia estraga nosso caráter relacional, e nossa capacidade de amar aquela que devemos amar, transformando o sentido de nossas relações apenas na constante busca de mais prazer.
6- E a pornografia nos deixa mais susceptíveis as vontades carnais e aos desejos de nossa interioridade, e a sua constância nos tirará em pouco tempo o desejo de conhecer mais a glória de Deus.
Sei o que você está enfrentando de perto. Já fui viciado em pornografia durante anos, e até mesmo durante o exercício de meu ministério. Mas Deus dá o livramento aqueles de coração sincero e constante em sua presença. Jamais permita que o pecado te tire o direito de pedir perdão diante de Deus. E jamais permita que o pecado te faça escravo. Aquele que está em nós é maior do que aquele que está no mundo. E o seu amor é infinito por nós pecadores.

Procure um amigo fiel em Cristo, (caso você não tenha, seja totalmente sincero com Deus e com você mesmo) e confidencie seus temores e dificuldades, e creia que o melhor de Deus ainda virá sobre a sua vida. Deus te abençoe ricamente em Cristo.
Visite o site e veja outros testemunhos de pessoas que Jesus libertou: http://sexxxchurch.com/
Pr. Bruno do Santos

O dia em que os telhados pregaram na Renascer!

blog do Bruno
Tenham cuidado com o fermento dos fariseus, que é a hipocrisia. Não há nada escondido que não venha a ser descoberto, ou oculto que não venha a ser conhecido. O que vocês disseram nas trevas será ouvido à luz do dia, e o que vocês sussurraram aos ouvidos dentro de casa, será proclamado dos telhados.”
(Jesus Cristo – Evangelho de Lucas 12:1-3)

O teto do templo da igreja Renascer desmoronou sobre a cabeça de 400(quatrocentos) fiéis que se encontravam no interior do templo, esperando o próximo horário de culto. Até a noite de ontem (domingo 18/01) havia mais de 50(cinquenta) pessoas feridas, e 7(sete) óbitos oficiais desta tragédia.
Confesso que fiquei penalizado e chateado com o ocorrido, afinal, são pessoas que estavam ali com um propósito, seja ele qual for; sincero. Mas isso me faz refletir sobre algumas particularidades deste cenário. Qual será o motivo levantado agora como agente causador dessa tragédia? O diabo? Os demônios? A Rede Globo? A fiscalização predial? Não, uma coisa só é causa desta tragédia: FALTA DE ARREPENDIMENTO.
Muitas pessoas falaram dos erros dos líderes desta igreja, mas o grande problema não são os erros de alguém, mas a falta de arrependimento destes erros cometidos indiscriminadamente. Este é o grande problema do povo de Deus sempre. A falta de arrependimento promove o juízo.
O profeta Jonas pregou ao povo de Nínive para que esse povo se arrependesse, e o reconhecimento do erro deste povo veio desde o Rei de Nínive até os animais do campo. E Deus se “lembrou” de Nínive, e perdoou aquele povo e o abençoou livrando-o do juízo.
Não se enganem este não é apenas um recado para a Igreja Renascer em Cristo, mas para todas as igrejas que desviaram seus olhos e corações do Senhor da Glória. Estamos vivendo um tempo profético dentro dos arraiais evangélicos.
Deixo minhas condolências às famílias das vítimas, mas meu coração se entristecerá ainda mais, se a direção desta igreja não avaliar seus valores e conceitos perante aquilo que fazem em nome do Altíssimo. Diante da falta de arrependimento, nenhuma cobertura apostólica sustentará a queda das coberturas e dos tetos que continuarão a pregar sobre a hipocrisia dos fariseus.
1Pe 4:17 “Pois chegou a hora de começar o julgamento pela casa de Deus; e, se começa primeiro conosco, qual será o fim daqueles que não obedecem ao evangelho de Deus?”

A Ele toda a Glória
Pr. Bruno dos Santos