NÃO PROCURO GENTE PERFEITA, PROCURO GENTE SÉRIA!

Esse tem sido meu lema nos últimos meses. Uma das coisas mais óbvias do cenário evangélico nacional é a sua total falta de compromisso com a palavra unidade. Usada tão frequentemente na igreja do livro de Atos, a unidade da igreja moderna é uma piada. Tem muto gente brincando com a Unidade da igreja cristã. Reuniões e conselhos de pastores espalhados pelo Brasil tentam sem nenhum sucesso desenvolver os chamados “cafés de comunhão”, com que propósito? Comunhão com quê ou o quê? Ninguém sabe. No fim tudo tem fundo político, promocional de cantores e “levitas”, ou pra mesmo vender planos de saúde, financiamentos, e outras bugigangas gospel.

Unidade fala principalmente de RELACIONAMENTOS. Isso não existe! O que existe são interesses escusos e promíscuos nas relações interministeriais. Os pastores transformaram-se em zumbis solitários, defendendo seu ganha pão ao custo de muito politicagem nos bastidores das igrejas. Ora elogiando aquele membro safado que possui três amantes, mas que dá um dízimo que “sustenta” o pastor, ora enxotando aquele pobre coitado que dá muito trabalho e não dá lucro nenhum. As vezes chego a pensar que o mago Simão (aquele que Pedro amaldiçoou porque queria dar dinheiro em troca do dom no livro de Atos) seria ciceroneado pelos pastores da nova era capitalista da igreja evangélica.

Saiba de uma coisa: no Reino de Deus não existem pessoas perfeitas, mas creio que existem pessoas sérias, e é esse tipo de gente que devemos procurar para andar juntos. Mas generalizações a parte, amado pastor, você que já sofreu tanto na mão de lobos. Faça uma coisa a si mesmo e a sua família: Não continue andando com alguém que só demonstra interesse por aquilo que você pode oferecer, pelas ovelhas que você tem, ou pelo dízimo que você dá. Construa relacionamentos verdadeiros, encontre amigos, não apenas uma “cobertura”, mas um homem de carne e osso, com problemas que podem ser compartilhados, alguém que você possa falar abertamente das suas limitações e principalmente alguém que goste de quem você É, e não do que você DÁ. Isso é unidade, isso é verdadeira comunhão, o que passar disso procede do Maligno.

Nenhum comentário: