Dilma Roussef e a Rainha de Sabá.

Uma das mulheres mais enigmáticas das histórias bíblicas é com certeza a Rainha de Sabá. Alguém que desconhecemos o nome, mas não a história; Ficou famosa por investir um alto tesouro em conhecer Salomão e sua sabedoria. Cerca de um milênio antes de Cristo, a rainha de Sabá, (onde hoje fica o Iemen, um país no extremo sul da Arábia), assim exclamou ao ouvir a sabedoria,  e presenciar as riquezas e as glórias do grande rei Salomão: “Não me disseram metade.”
Essa importante mulher, em sua época, poderia estar tendo conflito de alma pelo fato de todas as grandes questões da vida - sobre Deus, o futuro, a morte - não terem respostas. Ela queria sabedoria para ajudá-la a aprender a viver, a governar e ajudar os outros. Porém, riqueza nenhuma, ou fama ou conselhos podiam responder os gritos de sua alma. As carências mais profundas do seu ser continuavam não atendidas. Qual relação este assunto teria com a mais nova presidente do Brasil? 
Dilma foi moldada e preparada pelo seu antecessor para estar no lugar onde está e através do voto democrático colocada no mais alto cargo do país. Terá que governar com o coração de uma mulher e os pulsos de um homem este país ainda tão desigual. Ela deverá enfeitar-se de adornos de alma e não de corpo. Espero que sua capacidade como governante não seja mero reflexo de seu padrinho político, mas que ela tenha personalidade e alma para buscar o melhor para o seu país, assim como a Rainha de Sabá.

Nenhum comentário: