Aos evolu-acionistas de Darwin. Ganhando com a ignorância dos outros.

Convém reconhecer que Darwin foi muito inteligente e capaz de associar idéias de forma magnífica.  Mas a rápida aceitação de suas idéias foi estranha até para ele, meu palpite é que os cientistas daquela época já procuravam uma forma de excluir Deus de tudo e mostrar a idiotice da Bíblia. Algo comum entre os cientistas desavisados e mal informados. Em alguns de meu posts na internet, reparei que geralmente sou questionado em meus princípios por pessoas que expressam convicção em suas próprias conclusões evolucionistas ou ateístas. Para um debate sadio e reflexivo, listei algumas perguntas (20 ao todo) que “AINDA” estão sem respostas plausíveis. Abro espaço para debate...se é que existe essa possibilidade!
1- De onde veio o espaço para o Universo?
2- De onde veio a matéria?
3- De onde vieram as leis do Universo (gravidade, inércia, etc)?
4- Como pode a matéria estar tão perfeitamente organizada?
5- O que fez a primeira célula capaz de reprodução sexual reproduzir-se?
6- Por que os animais e plantas iriam reproduzir mais que seu tipo já que isto significaria que teria mais bocas para alimentar e diminuiria as chances de sobrevivência? (O indivíduo tem mais dificuldades em sobreviver ou a espécie? Como você explica isto?)
7- Quando, onde, por que e como Plantas unicelulares se tornaram pluricelulares? (Onde estão as duas ou três células intermediárias?)
8- Animais unicelulares evoluíram?
9- Peixes mudaram para anfíbios?
10- Evoluíram as baleias?
11- Evoluíram os cavalos-marinhos?
12- Evoluíram os morcegos?
13- Evoluíram os olhos?
14- Evoluíram os ouvidos?
15- O que evoluiu primeiro (como e em quanto tempo, funcionou sem os outros)? O sistema digestivo, a comida a ser digerida, o apetite, a habilidade de encontrar e comer a comida, os sucos digestivos, a resistência do corpo ao próprio suco gástrico (estômago, intestinos, etc)?
16- O impulso para reproduzir ou a habilidade para reprodução?
17- Os pulmões, a mucosidade que os protege, a garganta ou a perfeita mistura de gases respirada pelos pulmões?
18- As plantas ou os insetos que se mantiveram vivos e polinizaram as plantas? 
19- O sistema imunológico ou a necessidade dele?
Uma última questão. Será que devemos continuar usando evidências antigas, desaprovadas, inconclusivas e incorretas para apoiar a teoria da evolução porque nós não temos um substituto convincente (Homem de Piltdown, recapitulação, archeoptérix, Lucy, Homem de Java, Homem de Neanderthal, a evolução do cavalo, órgãos rudimentares, etc.)?

Penso, logo insisto!



Hoje acordei tocado pela luz do sol brilhante na janela do meu quarto. E diante de tanta avacalhação no meio gospel, quero me levantar assim como o sol desta manhã para dizer, nem tudo está perdido!
Se você não suporta mais as baboseiras ditas nos púlpitos, saborei-se com as delícias que saem na ponta das “penas” de uma nova geração de escritores, ou ainda nos “santos” teclados dos computadores de novos pensadores que estão usando a internet para criticar com humor, sagacidade e uma subversão santa.
Não desanime da caminhada da fé. A mediocridade humana jamais poderá calar o Espírito de Deus no homem que pensa e repensa sua fé e atitude diante de um mundo banalizado como o nosso. Estamos novamente nos tempos de Noé, o reinado da pequenez e insensatez humana está nos afogando num dilúvio de imoralidade e banalização do evangelho. Mas ainda não é o fim!
Nossa capacidade de pensar reflete a pomba que Noé soltou na janela da arca. Se o mundo em que vivemos está afogado na coisificação do ser, dê asas ao Espírito de Deus, pois a reflexão séria e madura do Verbo, nos dá vida e vida abundante. Pensar é presente de Deus, quem pensa jamais desiste, insiste!



Desculpem-me todo esse tempo sem postar, mas anda trabalhando muito. Deus abençoe a sua paciência e seu carinho por visitar este espaço de reflexão. A Ele toda a Glória.