BENÇÃO SACERDOTAL: Birkat Kohanim - ברכת כהנים

A benção sacerdotal é a famosa oração judaica, também conhecida como benção Aarônica recitada em alguns trabalhos da sinagoga. Uma das traduções para este termo também pode ser: “estender as mãos”. É uma oração de bem-aventurança e felicidade especial para os filhos de Israel. Eis a oração baseada em Nm 6:24-26:
O Senhor te abençoe e te guarde
 - יְבָרֶכְךָ יְהוָה, וְיִשְׁמְרֶךָ  
O Senhor faça resplandecer o rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti 
- יָאֵר יְהוָה פָּנָיו אֵלֶיךָ, וִיחֻנֶּךָּ
O Senhor sobre ti levante o rosto e te dê a paz 
- יִשָּׂא יְהוָה פָּנָיו אֵלֶיךָ, וְיָשֵׂם לְךָ שָׁלוֹם 
De acordo com a tradição judaica, a benção sacerdotal  possui três frases e por isso promove uma benção tripla. A bênção sacerdotal é também o texto bíblico mais antigo encontrado em peças arqueológicas. Pêndulos da sorte e camafeus com as três frases inscritas foram encontradas em sepulturas no vale de Hinom, fora da cidade velha de Jerusalém. Todos os dias pela manhã essa benção é recitada nas sinagogas de Jerusalém pelos sacerdotes (kohanim), fora de Israel, ela é recitada somente em datas festivas.
O sacerdote é igual a todos os homens, porém, possui uma responsabilidade sobre os seus ombros; ser um canal, um instrumento de benção divina sobre a vida dos demais. Por isso a “Birkat Kohanim” ao ser recitado diante da comunidade mostra a apreciação que nutrimos pelas dádivas de Deus no nosso cotidiano.
De acordo com a tradição judaica, quando somos abençoados, somos nutridos de um poder benéfico que nos faz jorrar, brotar e fluir paz e felicidade, por isso, esta benção nos delega também autoridade para abençoar outros.
Quando abençoamos outras pessoas revelamos as qualidades da compaixão, da misericórdia, do amor, da bondade e tantas outras virtudes dignas.
Só podemos abençoar quando somos capazes de receber a benção, e só podemos receber a benção quando somos capazes de reconhecer um Deus abençoador.
Portanto a benção sacerdotal nos leva para uma dimensão de vida de dependência e reconhecimento do cuidado de Deus sobre nós, para um estado de gratidão que provém desta ação da Graça Divina, a “Birkat Kohanim”.

Nenhum comentário: