O VENENO DA RE-ENCARNAÇÃO.

A reencarnação é um veneno social, uma doutrina maléfica para a humanidade pelo simples fato de que gera a esperança de uma segunda, terceira, quarta... possibilidade de uma vida melhor.
A diferença básica entre o veneno e o remédio é a sua dose. A reencarnação é um veneno, porque ela carrega uma dose excessiva de esperança. Ela dá uma esperança para além desta existência, a possibilidade de viver sempre errando para poder acertar na próxima. E é nesta vida que precisamos acertar, é nesta existência que precisamos resolver nossas diferenças e aperfeiçoar nossos defeitos. Deus não nos deu uma vida para ensaiar e outra vida para atuar, é uma só existência e uma só chance de viver a vida de maneira piedosa e correta.
Uma das falácias da reencarnação é jogar as mazelas desta vida no ombro de pessoas que jamais conheci, e que são responsáveis pelas dificuldades ou acertos de vidas futuras. É como se toda responsabilidade de ser quem eu sou fosse de outro. Estranho?Outra falácia básica na doutrina da reencarnação reside na impossibilidade de lembrarmos das experiências da vida passada. Se não podemos lembrar de nossos erros passados, como poderemos corrigí-los na vida que se segue? Enfim, são muito pontos incongruentes. Não precisamos de outras existências, esta já nos basta. Uma só vida já é suficiente para nos trazer consequências eternas, sejam elas boas ou ruins.
Em cada dia que vivemos as responsabilidades das escolhas são nossas mesmo. Não somos somente aquilo que plantamos e colhemos, somos também fruto de uma vida que possui propósitos divinos. Cada dia, eu mesmo posso encarnar um novo jeito de ser, sem sair de mim, e sem tirar de mim as responsabilidades diárias de ser cada dia melhor por escolher sempre a vida, e não o que pensam que a vida é.
Do mais, tenho que dizer que não existe só propósito no morrer, existe propósito no nascer. Nascemos para a Glória de Deus, e essa é a razão pela qual também vivemos, vivemos para a Glória de Deus. E somente nele coloco a minha esperança. Se o meu Deus não vive encarnado em Cristo, então nenhuma esperança há para a vida depois da morte!

Nenhum comentário: