SOS Rio de Janeiro.

      Infelizmente e novamente, vemos os últimos acontecimentos com pesar. A mídia procura um culpado, como a chuva, o governo, o acúmulo de lixo, mas a verdade do que vemos é um fato de proporções mundiais. No Rio de Janeiro, São Paulo, Austrália, e em vários outros lugares, a fúria da natureza e o descaso de todos com ela, já é uma marca tangível de nossa geração. Agora só nos resta reeducar nossos filhos e netos, e investir em políticas públicas que mudem a mentalidade das próximas gerações para que não vivam este mesmo dilema.
       Além de lamentar a perda de muitas vítimas, podemos ajudar naquilo que formos capazes. Postei algumas dicas de como podemos ajudar as vítimas do Rio de Janeiro.

 - O Programa de Voluntariado Viva Rio também disponibiliza uma conta corrente para doações (Banco do Brasil, agência 1769-8, conta-corrente 411396-9 e CNPJ: 00343941/0001-28).

 - Estabelecimentos particulares do estado fluminense também estão arrecadando doações para as vítimas. O grupo de supermercados Pão de Açúcar montou postos em todas as 100 lojas da rede. Os interessasos podem se dirigir aos estabelecimentos Pão de Açúcar, ABC Compre Bem, Sendas, Extra Supermercados e Assaí. Também é possível fazer doações na sede do Viva Rio (Rua do Russel, 76 - Glória).

 - As doações podem ser entregues na sede da Cruz Vermelha de São Paulo, que fica na avenida Moreira Guimarães, 699 - Indianópolis (próximo ao aerporto de Congonhas), das 8h às 18h. Mais informações no telefone (11) 5056-8667 ou pelo e-mail voluntariado@cvbsp.org.br

Nenhum comentário: