PODEMOS SER APENAS UMA COISA "SEM DEUS" - ORGULHOSOS!

O orgulho é um sentimento elevado (além da realidade) que a pessoa nutre sobre si mesma. Neste aspecto, o orgulho torna-se uma atitude negativa e destrutiva, pois eleva os valores da pessoa à um nível de inconsequentes resultados. O orgulhoso vive numa clara ilusão sobre si mesmo e sobre o mundo, fazendo com que sua vida seja baseada em sentimentos e conquistas falsas. O orgulho é o primeiro pecado mencionado na Bíblia. Ele sufoca, mata, destrói e derruba. A criatura orgulhosa acredita que pode viver sem a ajuda do Criador. 
Por isso o orgulho é uma das piores características do ser humano, a ponto de torná-lo desprezível aos olhos de Deus. Portanto o orgulho é um dos principais motivos que levam a pessoa a cometer transgressões graves na vida. O orgulhoso é alguém sem a “proteção Divina” e acaba se afundando em uma busca incessante de prazeres, desejos superficiais e escravo da sua má inclinação (carnalidade), passando todos os limites.
O orgulho em alguma forma é inerente a todos nós. Nenhuma criatura tem tantas razões para ser humilde quanto o homem; paradoxalmente nenhuma, possivelmente, possui tantas fontes de orgulho. O orgulho destrói a humildade, gera vaidade, transfere fé em Deus para fé em si mesmo. Existe no orgulho um senso de estar completo em si mesmo que destrói a base da espiritualidade, é por isso que o orgulhoso “não pode” ver a Deus. Sua sensação constante é: "Estou cheio e não preciso de mais nada”.
No AT, quando uma pessoa cometia um pecado ela precisava oferecer um sacrifício de um animal para expiar seu erro. No momento do abate do animal, a pessoa precisava colocar as mãos sobre o animal que estava sendo sacrificado e sentia, ao ver o sangue do animal sendo derramado, como se fosse seu próprio sangue que deveria estar sendo derramado por causa de suas transgressões. Deus, em sua infinita bondade, permitia que a pessoa poupasse sua vida através do sacrifício do animal. A principal motivação dos sacerdotes era que a pessoa refletisse sobre isso, e "quebrantasse" seu coração, se arrependendo dos erros cometidos e não voltar mais a errar. Esse arrependimento vinha junto com uma submissão ao Criador, que ajudava a pessoa a trabalhar seu orgulho, a verdadeira causa de suas transgressões. Esta foi a expiação de Cristo, precisamos de Jesus para retornar ao estado de humildade. Sem Ele em nós é impossível ser humilde.
A única solução para o orgulho é cultivar esta humildade de espírito, “porque deles é o reino dos céus”, como Cristo disse. “A soberba do homem o abaterá; mas o humilde de espírito obterá honra.” (Pv 29.23)

Nenhum comentário: