SÉRIE 40PIH - Número 1 - Ietser ha-rá - צֶר הַרַע‎,


O Senhor viu que a perversidade do homem tinha aumentado na terra e que toda a inclinação dos pensamentos do seu coração era sempre e somente para o mal.” (Gênesis 6:5)

Somos chamados à atenção em relação a nossa carnalidade, ou como explicam os rabinos, ao mau impulso. Temos uma tendência à obedecer os desejos carnais, à pender para as coisas da carne, do corpo, enfim, nossa natureza humana é carnal, e trabalhar nossa carnalidade requer muita disciplina e investimento de tempo e dedicação ao estudo e a prática espiritual.

Nossa conversão à Deus é um despertamento do nosso espírito. Precisamos controlar a alma e dominar o corpo, mediante um aprendizado contínuo e prático. A ietser ha-rá é traduzida como a má inclinação. É a força que nos impele a praticar atos pelas paixões e desejos inadequados. O objetivo desta má inclinação é nos afastar da prática do bem. Todos, sem exceção, lutam diariamente contra esse mau instinto.

Mas nossas ações não dependem de nossas inclinações. Podemos e temos o poder de escolher fazer o bem, fazer o que é nobre, aquilo que é certo moralmente. A sabedoria talmúdica faz uma analogia. O nosso corpo é como um cavalo, e o nosso espírito o cavaleiro. É melhor que o cavaleiro monte sobre o cavalo e não o contrário. O grande objetivo é controlarmos o nosso lado animal, pela nossa consciência espiritual. Domine o cavalo e você terá as rédeas da vida nas mãos. Termino esta reflexão citando Tiago;

Feliz é o homem que persevera na provação, porque depois de aprovado receberá a coroa da vida que Deus prometeu aos que o amam. Quando alguém for tentado, jamais deverá dizer: "Estou sendo tentado por Deus". Pois Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido. Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte. Meus amados irmãos, não se deixem enganar.  (Tiago 1:12-16)

Nenhum comentário: