SOBRE DIZIMAR OU NÃO DIZIMAR! NÃO É UMA QUESTÃO DE GRANA, MAS DE CORAÇÃO!

Creio no Dízimo, obedeço o dízimo e procuro sempre contribuir, quando posso, com algo além do dízimo. Mas existem muitas pessoas que não concordam com o dízimo, e eu respeito a opinião delas. O que me entristece como pastor, não está no fato de não quererem dizimar, mas em aproveitarem-se do fruto dos dízimos de outros irmãos. Eu explico:

Estacionam o carro, muitas vezes, num terreno comprado com o dizimo dos outros, ou então o seu carro estacionado na rua e sendo observado por um segurança que é pago com o dízimo de outros.

Sentam-se numa cadeira que foi comprada com o dízimo de outros. Usufruem do ar condicionado, que foi comprado com o dízimo dos outros. Bebem água em um copo descartável que foi comprado com o dizimo de outros. Usam as instalações dos banheiros, toalhas, papel, descarga, tudo comprado e pago com o dízimo de outros. Assistem os cultos pela internet, que é paga com o dízimo de outros. Num templo, com todos os seus gastos, água, luz, telefone, limpeza, contabilidade, funcionários, etc. Tudo pago pelo dízimo de outros. Até o pastor que ele chama de "ladrão", pasmem, sustenta a sua família com o dízimo dos outros.

Ok! Se você não concorda com o dízimo, mas seja no mínimo honesto consigo e com os outros. Ao entrar numa igreja pra dizer que o dízimo é uma farsa, você se torna um ladrão. Usufrui do que não é seu como se tivesse direito em alguma coisa. O ladrão é acima de tudo um usurpador, tal qual Judas! Ladrão! 

Mas a pessoa que não concorda com o dízimo não é apenas um ladrão, mas uma vítima de Mamom, um escravo, um boneco da ganância. Ela não dá por que não pode! Não pode porque não é dona das coisas dela. As coisas é que são donas dela. Ela não tem nada, são as coisas que a tem. Mamom é o seu deus. Ela é controlada por ele, e ele não deixa ninguém ser livre.

Só reclama quem não pode! Só acha ruim quem não dá. Porque quem é livre dá liberalmente, dá com alegria, participa dos gastos do templo. Ajuda nas frentes sociais. Abençoa a vida de pessoas. Sabem que o dízimo não é uma obrigação, mas uma CELEBRAÇÃO…pois dão com alegria! Sabem que dizimar é o direito que Deus nos dá de DAR! Não importa se você é rico ou pobre…mas GRATO com o que possui. É um questão de coração não de grana!

Enfim, a pessoa que não dizima não é apenas alguém que é ladrão e escravo de Mamom, mas ignorante. Ignorante porque não conhece a Bíblia. Diz que dízimo é algo do AT. Diz que não estamos na época da Lei. Que o AT caducou. Mas gosta de comparar a sua fé com a fé de Abraão, de Moisés e de Davi, fica citando Salmos quando o calo aperta, e não sabe que essa era a Bíblia que Jesus lia, pois na época de Jesus (que ele diz ser seguidor) não havia ainda o NT. A Bíblia de Jesus era o AT. Dizimar é tão somente um ato de amor pelo sonho de Deus, de fazer seus discípulos irem pelo mundo todo pregando o Evangelho.

Portanto eu, como pastor que sou, a partir de hoje não vou ficar preocupado em orar pelos dizimistas, pois sei que eles estão em boas mãos. Estão sendo cuidados e abençoados por Deus por serem fiéis. Quero mesmo é orar pelos ladrões, ignorantes e escravos de Mamom, pois esses precisam muito que Deus os tire da cegueira espiritual em que se encontram.

A Deus toda a Glória.

Bruno dos Santos